domingo, 19 de julho de 2009

Lixo e esgoto a céu aberto















Um antigo vazamento de esgoto está sendo alvo de protestos dos moradores de uma rua, no interior de Esteio. O problema na rede de esgotos já vem ocorrendo há vários meses e, apesar de os moradores comunicarem o problema para a Prefeitura, até agora não houve solução. O esgoto a céu aberto está provocando um mau cheiro que vem incomodando demais, além do risco de transmitir doenças para as pessoas.

A presença de esgoto a céu aberto é a alteração ambiental que afeta a população e parece não haver remédio. No município, salvo melhor juízo, perdeu-se completamente o controle da verdadeira epidemia pública que são os lixões e os esgotos a céu aberto espalhados pela cidade.

São cada vez mais freqüentes as queixas sobre a existência de fossas sépticas que – por falta de manutenção –, deixam transbordar autênticos ribeiros de esgotos pelos arroios e ruas da cidade. O maior problema é que, mesmo perante as recorrentes notícias no Blog, ninguém resolve nada e tudo continua como dantes.

As imagens que o Clíck indiscreto do dia-a-dia recolheu são elucidativas e valem mais do que muitas palavras. Nas imediações do local onde se encontra a fossa séptica o cheiro é imundo, há muitas moscas, baratas, mosquitos e o esgoto acompanha o meio-fio até encontrar uma boca-de-lobo.

Acresce que esta situação, já foi denunciada por este Blog digital há sensivelmente dois meses e há quem se interrogue se é assim tão difícil à municipalidade esteiense colocar um “limpa-fossas” para percorrer a “rota dos esgotos a céu aberto” espalhados pela cidade.
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário